sábado, 6 de maio de 2017

UNIDOS E FORTES. ISTO É ARTE!

Foto do perfil de Romero Oliveira, A imagem pode conter: 1 pessoa, óculos de sol, barba e close-up
Por: Romero Oliveira
Cia Pão Doce/Mossoro-RN

Oh que estrondo no mundo
Que balançou a Serra
Os ares já estão mudados
Guerreiros chamados
Pra combater guerra.
Vento que venta, não venta
Mar que urra, não urra
Se atrás de mim não vem gente,
Oh meu Deus
Quem é que tanto me empurra?
Hoje ventou em Lins-SP
Um forte vendaval avisou que vinha... E veio.
Arrastou cadeira, derrubou cenário, equipamento, galho de árvore, côco. Ator até se machucou.
Os grupos, em uno, foram precisos na desmontagem dos cenários seus e dos outros.
A chuva caiu.
Uma hora de chuva.
Duas horas de chuva.
Parou.
Remontar tudo do zero, no chão molhado.
Impossível.
O público estava ali.
E mais uma vez em uno, artistas improvisaram entre côco, ciranda, maracatu, poesia, rap e repente.
Se fosse ensaiado, não daria tão certo.
É que a arte é assim mesmo, sempre encontra um jeito, e te surpreende.
A imagem pode conter: 4 pessoas, pessoas no palco

Nenhum comentário:

Postar um comentário